jusbrasil.com.br
25 de Outubro de 2020
    Adicione tópicos

    Contrato de namoro: Amor Líquido e Direito de Família Mínimo

    https://amzn.to/31920MS

    LAWDTO
    Publicado por LAWDTO
    há 11 dias

    Qual é o traço distintivo entre o namoro e a união estável? Qual é o momento em que um simples relacionamento se torna um vínculo familiar? Essa pergunta deveria ter sido respondida, de forma segura, pelo Código Civil de 2002. No entanto, desde sua entrada em vigor, doutrina e jurisprudência acumulam dúvidas a respeito do tema. As soluções são determinadas apenas casuisticamente, a partir da análise de cada caso por um julgador. Muitas vezes, ao longo do relacionamento, os envolvidos não sabem em que categoria se encontram. Ou pior, a espécie do relacionamento é tão líquida que não possui conceito jurídico, tal como o “ficar”. A proposta desta obra é analisar, com respaldo teórico e prático, um instrumento jurídico para que as próprias partes, a partir de sua autonomia privada, decidam dar início a um namoro e a estabelecer as regras pertinentes a esse relacionamento. Com isso, o livro apresenta os fundamentos do contrato e seus requisitos, de modo a permitir que o profissional do direito elabore esse instrumento para seus clientes. Ao estudante e profissional do direito de família, este é um convite para que os principais atores desta seara – os namorados – possam estabelecer os limites e os efeitos do relacionamento em que se encontram. https://amzn.to/31920MS

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)